Clareamento dos Dentes

clareamento dental

 O clareamento dos dentes e suas formas

O clareamento dos dentes é o processo que, além de deixá-los brancos, ajuda a remover manchas e corrige a descoloração. São muitos os mitos que giram em torno do tema. Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário esperar que os dentes estejam manchados ou escuros demais para optar por um tratamento de clareamento.

Existem basicamente duas formas possíveis de clarear os dentes: o clareamento por meio de luzes (halógena, LED ou laser) e o clareamento dental caseiro. Os resultados de ambos os métodos são semelhantes, o que varia é a duração dos procedimentos e a duração do efeito advindo do tratamento. O tratamento com luz é bem mais rápido, por utilizar um gel clareador bem mais forte que o gel utilizado no clareamento caseiro.

A diferença básica entre o processo de clareamento dos dentes realizado em um consultório dentário e o processo caseiro consiste no seguinte: no consultório, um gel clareador é aplicado nos dentes, sem que haja contato com os lábios e gengivas. Em seguida, um feixe de luz é aplicado para ativar o produto e acelerar o processo de branqueamento. No processo caseiro, um gel mais fraco é colocado em uma moldeira de silicone. Esse material deve ser adquirido em sites especializados ou no consultório do seu dentista, mas nunca sem orientação do cirurgião-dentista.

O resultado dos tratamentos tem a duração média de dois anos, desde que o paciente tome os devidos cuidados: não fumar e não ingerir alimentos pigmentados, como refrigerantes, café, açaí, molhos de tomate e chocolates. Além disso, deve visitar o dentista a cada seis meses e escovar os dentes depois de cada refeição.

Um outro aspecto importante associado a esse tratamento diz respeito ao aumento da autoestima e da autoconfiança do paciente. O procedimento pode ser indicado para pacientes a partir de 16 anos de idade.

Dra. Taisa Castello Gomes